Resumo: Freakonomics por Steven Levitt

Freakonomics, um livro escrito em co-autoria por Steven Levitt, reconhecido economista, e Stephen J. Dubner, jornalista, não se fala sobre uma única coisa, o que é algo difícil de resenhar, mas, na essência, Freakonomics é sobre como pequenas coisas têm certos efeitos que não podiam ser previstas, em especial o efeito que têm na cultura popular.
O livro examina alguns fenômenos e tendências culturais através de alguns princípios econômicos e análises estatísticas. Cada capítulo responde uma de muitas perguntas, por exemplo, se os lutadores de sumô fazem armadilha, ou se o nome que se lhe ponha a uma criança que determinará o seu sucesso na vida. Responda cada questão, ao analisar e apresentar os dados que obtém, e em vez de dar razão ao que comumente é tomado como verdadeiro ou senso comum, procurando razões alternadas e cria novas e melhores explicações para tais fenômenos.
Todo o trabalho que mostra o livro é baseado em dados recolhidos de várias fontes e na análise objetiva do material obtido. Para qualquer pessoa que advoque o método racional de chegar a conclusões, e nunca se deixar levar por idéias preconcebidas, este livro será de seu agrado.
Levitt e Dubner, através de mostrar como observam a informação e chegam a conclusões objetivas, feitas ao longo do livro um bom trabalho em explicar as vantagens de se aproximar de um problema com uma visão racional, e como fazê-lo dessa forma, às vezes, produzir resultados surpreendentes. Além disso (e mais importante, diria eu) mostram que, às vezes, confundidos numa consequências com uma causa, quando não deveríamos fazê-lo, e como isso às vezes pode nos levar a conclusões totalmente falsas.

O livro responde uma pergunta em cada capítulo, que são perguntas interessantes e bem escolhidas. Embora algumas serão interessantes para alguns leitores, e outras para outros, em geral, são perguntas que despertam a curiosidade. Além de falar dos lutadores de sumô e nomes de crianças antes mencionados, também fala sobre os professores que fazem armadilha, traficantes de drogas e o efeito do aborto no crime, assim, há algo para todos. Como nota, Levitt faz notório longo do livro, que tal tema (crime) é um de seus interesses maiores. Talvez você deve criar um livro onde explore mais a relação do crime e da economia, seria um livro interessante.

A escrita do livro é simples e fácil, mas comunica-se apenas o que quer comunicar. Embora o livro trata sobre a Economia, não é pesado, e é feito para que o leitor médio possa entender os conceitos por trás de algumas das conclusões, e que não lhe dificulte o processo.
Em geral, apesar de não chegar a uma única conclusão, e não traz verdades surpreendentes que alteram profundamente o leitor, é um ótimo livro para aprender a observar o mundo de outra forma, e por um tempo para ver coisas mundanas através dos olhos de um economista que observa causas e motivos por trás de onde nós somente vemos os efeitos, esta é uma leitura recomendada.

Artigo por autor convidado João Paulo

Receba os Nossos artigos em sua caixa de correio electrónico. Junte-se a nossa comunidade, é grátis.

Nome

Endereço de email: