Por que os bancos não querem que você saiba como investir em fundos de índices?

A banca em geral não lhe interessa saber que existem os fundos de índice ou fundos indexados. Os três principais grupos bancários controlam cerca de 50% do mercado de distribuição de fundos que há em Portugal. Se juntarmos ao resto de instituições financeiras, de 275.000 milhões de euros, que representa o total do mercado, praticamente 90% é um património que está em suas mãos.
Por outro lado, há cerca de 100.000 milhões de euros em Portugal, em fundos de gestoras internacionais. Mas que são vendidos pelos bancos comerciais, através de acordos de comercialização, pelo que se pockets mais de dois terços das comissões que afetam esses fundos para seus participantes.

Além disso, estas gestoras internacionais, para poder entrar no negócio dos fundos em Portugal, se vêem obrigadas a vender classes de participações mais caras. Já que, de outro modo, o oligopólio que exercem os grandes grupos bancários, não poderiam vender os seus fundos em Portugal ou teriam muitas barreiras de entrada.

Isso faz com que paga em fundos de investimento que você tem em seu banco, comissões de gestão e depósito, muito superiores às que pagaria em outros países. E entre quatro e cinco vezes mais altas que as comissões que têm os fundos de índice.

É dizer, que a venda de fundos através da rede de agências bancárias, é um grande negócio que querem manter a todo o custo. Que se deixe de cobrar mais da conta ou não, depende de você. Conto-Te como sair deste engano consentido.

Se pagar comissões mais altas, supunha ter à sua disposição os melhores profissionais com os melhores resultados, pode valer a pena. Mas a estatística e estudos mostram que 95% dos papéis vendidos na Espanha, não supera o índice de referência com o qual se compara. E os fundos que conseguiram sobreviver 15 anos de idade ou, pelo menos, 10 anos, não são capazes de dar uma rentabilidade superior ao que se pagaria um bônus de dívida do Estado para o mesmo prazo de tempo.

É dizer, que praticamente nenhum dos fundos de investimento que anunciam e promovem os bancos em suas redes de escritórios, você vai dar uma rentabilidade que valorize o que você pode começar investindo em um fundo de índice e não fazendo nada.

Já se essa comparação de todos os fornecedores da vista dos dados de planos e fundos de pensões, você cai redondo do susto. Porque são ainda piores. Aqui, como não há concorrência das gestoras internacionais, porque isso é uma invenção própria que temos em Portugal, tal como está montado, pois os pagamentos de salários são muito mais difíceis.

Mas a que não falta publicidade nos bancos quando chega a campanha de rendimento ou quando se aproxima o final de ano? Porque para o banco são muito rentáveis, não se confunda.

Então, se tudo isto é assim e te convido a que você pesquise um pouco e contrastes, Por que continuar a investir suas economias no fundo de campanha que se recomenda o diretor da sucursal de seu banco?

Pois que saibas que tu também tens alguma culpa. Porque como você não está disposto a pagar explicitamente pelo aconselhamento financeiro, prefere o fundo “grátis” com comissões implícitas mais altas. Lembra que ninguém dá rígidos quatro pesetas.

Em segundo lugar, normalmente, o cidadão médio que tem poupança em Portugal, tem uma idade média bastante alta e a sua cultura financeira é bastante baixa. Isso com os anos vai mudar, porque as novas gerações saberão mais e processar serviços bancários de forma diferente. Mas, até então, estamos bem e banca o aproveita.

Por outro lado, a maioria das pessoas que tem o dinheiro em Portugal, é uma grande vítima de si mesma, de suas emoções e de seus impulsos. Como sabe pouco, qualquer coisa que sai do terreno conhecido, lhe gera grande incerteza. E por isso geralmente funciona movido pelo medo, ganância ou avareza, crer-se mais esperto do que os outros e vítima de confiança em pessoas que trabalham em um banco comercial, que a utilizam para colocar o que manda a campanha de plantão.

Para isso súmale as barreiras de entrada que o oligopólio impõe aos novos concorrentes, a pouca facilidade que você tem para encontrar informações ou possibilidades de contratar outras opções, como os fundos de índice e o resultado é o que temos.

Então o que eu sugiro é que você aja, acorda-se da realidade artificial que nos venderam e tomar decisões inteligentes com seu dinheiro. Porque você pode ganhar mais e ter melhores rendimentos dos que te dá o banco com seus produtos, sem necessidade de fazê-lo complicado.

Pode ser que você tenha feito suas compras de ações e tenha alguma experiência com produtos, mas você não precisa nem saber análise técnica ou fundamental, para investir em fundos de índice.

O que você tem que ter uma visão global do seu património e atribuir-lhe um veículo de investimento adequado para seus objetivos financeiros.

Eu tentei várias estratégias de investimento, muitas entidades e muitos produtos, por curiosidade, para fórmame uma opinião própria e de aprender. E te digo que apesar de ter lido sobre os fundos de índice, há muitos anos, me levou em convencer-me, porque acreditava que se podia melhorar. Mas agora, com algum matiz, não me cabe nenhuma dúvida de que, ao menos para a maioria de poupadores dos fundos indexados são a solução perfeita.

Acho que o que vai querer para seu dinheiro é um método o mais simples possível, que não se de dores de cabeça e que te de uma rentabilidade que você não consegue em nenhum banco.

Há pouco tempo, os gestores automatizados ou roubo advisors, entraram em Portugal e adoptado um modelo de gestão baseado neste tipo de fundos de índices, para baratear os custos e comissões.

Finanbest, Finizens, Indexa Capital, são alguns dos novos consultores digitais, que te dão todo o feito, usando os recursos mais baratos do mercado.

O que mais crescimento está tendo e que mais dinheiro está a gastar em publicidade para se dar a conhecer é Indexa Capital.

O funcionamento do seu sistema é muito simples. Tu entras em Indexa Capital e te fazem um questionário para conhecer o seu perfil. Depois te aconselham uma carteira de fundos com comissões muito baixas. E depois a cada certo tempo eles mesmo rebalancean seus investimentos para que continuem equilibradas dentro de seu perfil de risco.

Agora tem uma promoção em que os primeiros 10.000€ geridos não suportam comissão de gestão. E há pouco tempo também trouxeram planos de pensões com o mesmo sistema.

A outra opção que você tem para contratar um fundo de índice Brasil, é abrir uma conta no BNP Paribás. Que são os únicos que vendem Fundos Vanguard em pequenas quantidades. Já que ao ter capturado suficiente patrimônio em cada um deles, foram abertos os fundos para o resto de sua participação. Fazem-no como gancho para atrair a sua plataforma clientes que lhes interesse dos fundos de índice, mas que possam, em seguida, rentabilizar se inscrevem outros fundos de investimento.

A banca espanhola jamais venderá este tipo de fundos nem fará publicidade, simplesmente porque não lhes interessa. Pois a sua venda não deixa nenhuma comissão. Pode ser que dentro de pouco tempo, os bancos se lhes começa a complicar a barganha que têm montado com os fundos de investimento, mas duvido que se lhes vá acabar. Em suas mãos fica se quiser continuar pagando mais da conta por algo que você pode ter muito mais barato e com melhores resultados.

Deixe um comentário