Onde contratar fundos Vanguard em Portugal?

Como cada vez mais se paga menos pelos depósitos, cada vez há mais pessoas que estão adentrando no mundo dos fundos de investimento. E, ao fazê-lo, muitos estão descobrindo que as elevadas comissões dos fundos que vendem a maioria dos bancos comerciais em Portugal, que são muito rentáveis para os distribuidores e pouco atraentes para os investidores.

Ao final, as elevadas comissões de gestão e depósito cobrados pelos bancos em seus fundos de investimento, lastran significativamente sua rentabilidade a longo prazo, a par de que a sua qualidade de gestão é bastante pobre e não agrega valor. Por isso, também, há cada vez mais interesse pela gestão passiva e os fundos indexados. Onde os fundos Vanguard, uma referência a nível mundial.

Se você não está familiarizado com o investimento indexada, é provável que nunca tenha ouvido falar dos fundos Vanguard. De fato, apesar de terem uma legião de investidores e seguidores nos Estados Unidos, até há pouco tempo não se comercializam em Portugal.

E não o faziam, nem agora têm muito interesse em fazê-lo no setor de distribuição, porque esses fundos que replicam índices têm comissões ultra-baixas. E não hesitam em comissões a quem os comercializa. A filosofia de Vanguard é minimizar os custos para maximizar os benefícios do investidor. Mas, deste modo, os fundos Vanguard, são muito atraentes para os distribuidores de fundos, que preferem vender fundos que deixam elevadas comissões, mesmo que isso possa prejudicar como investidor.

Para que se faça uma ideia, um fundo normal pode chegar a receber uma média de 2%,. Enquanto o fundo de Vanguard uma média de 0,35%. Esse 1,65% de diferença capitalizado a 10 anos, representa um 17,78% de rentabilidade menos para o seu investimento. Muito bom tem que fazer um computador gestor para agregar valor e cobrir essa lacuna de rentabilidade.

Você se interessa saber agora saber onde contratar fundos Vanguard?

John Bogle
Antes de mais nada, quero esclarecer para você que Vanguard, é uma gestora de fundos e ETFs americana, que administra um patrimônio de $ 3 bilhões de dólares e foi fundada por John Bogle, em 1975.

Estava presente em muitos países e é a gestora favorita dos investidores passivos, que além dos ETFs, costumam usar fundos de Pictet e Amundi, para confeccionar as suas carteiras.

Em Portugal, desde há pouco, há duas plataformas de distribuição de fundos que comercializam os fundos de Vanguard. Trata-Se de All Fund e Santander.

Mas ainda que bancos como Santander (dono parcial de All Funds) Banco Sabadell, Banca March ou Rendimento 4 têm dados de alta dos fundos de Vanguarda em seus catálogos, os têm fechados ao público varejista em geral.

No caso do Santander acontece um pouco o mesmo. Fornece seus serviços de distribuição através de sua plataforma para várias entidades, mas não se pode contratar praticamente através de nenhuma. Por exemplo, os fundos Vanguard aparecem no mapa de fundos de Evo Banco que fornece Santander, mas não se pode contratar.

A cola em todos os casos, é que, além do pouco benefício para os distribuidores, os mínimos de entrada são muito elevados. Pois exigem 100.000€ para poder contratar nos casos de que sim que o permitam. Mas há um par de momentos pelos quais você pode contratar fundos Vanguard em Portugal.

A primeira alternativa seria abrir uma conta através de Indexa Capital, que baseia suas carteiras e prestação de serviços, a partir de 1.000€ e usando fundos comercializados pela Vanguard a plataforma do Santander.

Tem a vantagem, além de que ao acessar os fundos de Vanguard com Indexa Capital, você pode entrar nas séries institucionais, em vez de as destinadas a revendedores. Com o que têm as comissões ainda mais apertadas.

Mas o problema é que usam contas ônibus para poder fazê-lo. Embora, na realidade, todos os supermercados de fundos, o fazem com a maioria de fundos, especialmente com os estrangeiros. E, evidentemente, Indexa Capital, não se presta os serviços de gestão de carteira e grátis. Há cerca de custos, que, embora baixos, elevam-se a cerca de 0,65% das comissões. Por outro lado, continuam muito baixas.

A outra opção para contratar fundos Vanguard em Portugal, é isso, do BNP Paribas. Mas também existe o mínimo de 100.000€. Embora, aparentemente, dado que viram um nicho de negócio para os investidores que estão se interessando pela gestão passiva e decidiram abrir a contratação em alguns fundos, em que há já um número elevado de participantes.

ING Direct, deu a alegria o ano passado, quando começar a comercializar alguns ETF de Vanguard. Mas como você decide por princípio, não há muito interesse em que se comece a conhecer muito este tipo de fundos.

Ao fim e ao cabo, nestes tempos difíceis, a maioria dos bancos ganha muito dinheiro com todo o patrimônio que estão passando de prazos fixos e vista, fundos de investimento e não lhes interessa o mínimo que se propague uma concorrência com comissões hiper ajustadas como as dos fundos de Vanguard.

Deixe um comentário