O ‘ying e o yang dos empréstimos rápidos online

Como qualquer método de financiamento, os empréstimos rápidos online têm os seus prós e contras, o que os torna bons para algumas situações e não recomendáveis para outras. Há já alguns anos que se fala deste tipo de empréstimos, e a única coisa que fica claro é que podem ser amados e odiados em partes iguais. Um dos aspectos que influenciou o receio que algumas pessoas sentem por eles são os mitos que dêem conta sempre ao redor dos minipréstamos online, apesar de que a maioria não são verídicos. De todos modos, o mais importante na hora de decidir se são um bom recurso para nós é conhecer ambas as partes.
O lado bom dos minipréstamos online
Como já comentado, cada vez que trata-se o tema dos empréstimos rápidos online aparecem muitos detratores destes produtos de financiamento. No entanto, o que essas pessoas não podem negar é que os minipréstamos online são um recurso que tem se expandido como a pólvora em nosso país, pois podemos ver muitas empresas de capital privado que comercializam estes empréstimos. Além disso, não só triunfam em Portugal, os minipréstamos pela Internet estão completamente resolvidos no setor de crédito de países como o Reino Unido, onde inclusive existe uma regulamentação específica para esses créditos.
Uma das razões de seu sucesso é que os empréstimos rápidos online são um recurso útil para situações em que nos surgem imprevistos econômicos e não temos liquidez como para enfrentá-los. Nestes casos, precisamos de uma solução rápida e não todos os empréstimos do mercado permitem o acesso ao dinheiro com tanta rapidez. Os empréstimos rápidos online ao instante que sim, que podemos obter em minutos são alguns, como os que vamos ver agora:
Credor Quantidade máx. 100 € a 30 dias Características Me interessa

QuéBueno 900 € 29,70 €

Desconto de 10 % com o código: helpromo17

Solicitar

CréditoMas 900 € 35 €

Empréstimo Rápido grátis para novos clientes

Solicitar

Vivus 1.000 € 28 €

Primeiro empréstimos rápidos grátis

Solicitar
Alguns dos empréstimos rápidos online que acabamos de ver oferecem promoções para novos clientes com as que podemos conseguir dinheiro rápido em 15 minutos e sem ter que pagar juros. Isso é outro dos pontos a favor dos mini empréstimos, pois dão-nos a oportunidade de obter financiamento de forma gratuita.
Além disso, as empresas que comercializam minipréstamos online têm em conta o tipo de perfil da pessoa que precisa de uma ajuda desse tipo e lhes dá acesso. Outras formas de financiamento são muito rigorosas em suas exigências de acesso, mas estes créditos podem ser solicitados por pessoas que não tem uma folha de pagamento ou por aquelas que se encontram num ficheiro de inadimplência. As exigências que nos pedem são acessíveis para muitas pessoas, sempre e quando se cumpram com os requisitos mínimos que nos pedem estes credores.
Desvantagens do microcrédito online
Quando falamos de empréstimos rápidos online, cabe destacar que não é ouro tudo o que brilha, já que também é verdade que existem fatores negativos sobre estes empréstimos. Uma das polêmicas mais populares sobre os minipréstamos é, se podem ser considerados créditos usuários ou não. A lei da Usura estabelece que é nulo todo contrato que estipule um interesse muito superior ao normal do dinheiro e manifestamente desproporcional às circunstâncias do caso. Se tivermos em conta que esta lei remonta ao ano de 1908, podemos considerar que não tem em conta os novos empréstimos rápidos que têm surgido nos últimos anos como os minipréstamos online. No entanto, algumas pessoas consideram que as empresas que oferecem esses produtos não se encontram dentro do quadro da legalidade.
O custo dos empréstimos rápidos pode ser considerado elevado, uma vez que é o de 1,1% médio diário. Não obstante, este custo pode ser justificado pela velocidade em que nos concedem o dinheiro, já que nem todos os empréstimos do mercado nos deixa de acesso ao capital com tanta rapidez. Além disso, outra razão a que aludem os credores para explicar este preço é que não precisamos de nenhum tipo de antigüidade como clientes, pois estes créditos são acessíveis a muitos tipos de perfis de pessoas.
Em relação ao tempo de reembolso, o prazo de amortização é curto, geralmente de 30 dias no máximo. Este é outro contra estes empréstimos rápidos online, mas vale destacar que estes produtos são projetados para finalidades muito específicas. Por exemplo, se surge uma despesa inesperada para o que não temos liquidez, mas seremos capazes de conseguir o dinheiro para reembolsarlo dentro deste período.
Finalmente, e não menos importante, se depois de tudo o que vimos decidimos contratar um, é importante que façamos um uso responsável do mesmo. Algumas pessoas pedem minipréstamos e sobreendeudan, já que não conseguem realizar a devolução de tempo. Se isso acontecer, os custos por atraso podem complicar muito a nossa situação económica.

Deixe um comentário