O Devolver com antecedência mini créditos rápidos? É só pedir

Quando pensamos no sector dos mini créditos rápidos, costumamos ter em mente que as pessoas que os pedem e estão em situações económicas graves. No entanto, isto não é mais que uma ideia preconcebida que não tem muito a ver com a realidade. Este tipo de empréstimos são também solicitados por pessoas que simplesmente precisam de dinheiro rápido, mas que, em princípio, não apresentam problemas para devolvê-lo. Por isso, entre outras coisas, os emprestadores oferecem a possibilidade de reembolsar o crédito com antecedência, já que muitas pessoas preferem tirar a dívida rapidamente.
Você sabe como reembolsar o seu mini-crédito rápido à sua medida?
Muitas pessoas que pedem empréstimos rápidos instantaneamente precisam do dinheiro com urgência, porque lhes tenha surgido um imprevisto econômico que têm que cobrir e não têm liquidez suficiente no momento. Estes indivíduos consideram que esta opção é uma solução muito rápida e eficiente, especialmente se você não tem um cartão de crédito, pois, demora mais para conseguir um plástico que em receber o dinheiro solicitado com o mini crédito rápido.
A velocidade afeta também o prazo de reembolso, já que quando pedimos mini créditos rápidos, o prazo é de até 30 dias e deve ser pago em quota única. Não obstante, as empresas de capital privado que oferecem estes produtos dão a possibilidade para aqueles que lhes surgem problemas econômicos pontuais, mas que costumam contar com uma boa situação financeira, pagar o capital mais os interesses dos minipréstamos online em diferentes prazos. Este perfil de cliente, provavelmente, possa conseguir o dinheiro para reembolsar os mini créditos rápidos com antecedência, o que é uma vantagem, pois esta opção ajuda a baratear a amortização do crédito.
Amortização grátis e em vários prazos
Apesar do que se costuma oferecer esta opção, todos os credores a dar de graça. Não obstante, alguns que sim, que nos permitem acolher a essa possibilidade, grátis e em vários prazos é Kredito24. Com esta empresa, poderemos optar por devolver o mini crédito rápido a partir de 7 dias até 30 dias. Na tabela a seguir veremos como escolher um prazo ou outro determina a quantidade de juros que nos conservaremos:
Credor Montante, Prazo, Juros Total

Kredito24 100 € 7 dias 15 € 115 €

Kredito24 100 € 14 dias, 20 € 120 €

Kredito24 100 € 22 dias 30 € 130 €

Kredito24 100 € 30 dias 35 € 135 €
Como podemos ver, a diferença entre devolver empréstimos rápidos rápidos em 7 dias em vez de 30 dias será de 20 €, mas devemos pensar que quanto mais dinheiro, pedir mais substancial será a quantidade de juros que nos podemos salvar. Também é importante que tenhamos em mente que quanto menos dinheiro pedimos, mais fácil será reembolsarlo em menos tempo.
Se este minipréstamo se encaixa o que estamos procurando, nós podemos solicitá-lo rapidamente através do seguinte link:
Faça já a sua empréstimos rápidos com Kredito24
É sempre gratuito alterar a data de pagamento dos empréstimos rápidos instantaneamente?
A amortização antecipada é uma opção que oferecem as empresas de capital privado, mas nem todas dão-nos a possibilidade de poder fazê-lo gratuitamente. Alguns credores nos carregam uma comissão de 0,50 %, pois é o máximo que a lei permite que se carregue por reembolso antecipado. A Lei 16/2011 de contratos de crédito ao consumo, em seu artigo 30 marca os limites a esta comissão. As instituições não podem cobrar mais de 1% do montante reembolsado quando o período entre o reembolso antecipado e a data de vencimento do contrato é de mais de um ano. No caso de que o período seja menor que o tempo, a comissão não pode ser superior a 0,5 % do montante reembolsado antecipadamente.
Portanto, como vimos, alterar a data de pagamento para pagar o dinheiro antecipadamente é uma boa opção, especialmente se nós recorremos a uma empresa de mini créditos que dê a possibilidade de reembolsar antecipada e gratuitamente, o crédito.
Será que temos o direito de cancelar o mini empréstimo rápido?
Outra opção que nós podemos receber se não queremos continuar com o contrato do empréstimo é o direito de desistência. Este deverá ser comunicado à empresa mutuante e só é possível se nos encontramos ainda no prazo de 14 dias de calendário a partir da data em que assinamos o contrato. Com esta possibilidade só teremos que pagar os juros vencidos até à data, ou seja, se passaram 10 dias, teremos que pagar os honorários gerados do crédito nesses 10 dias e o dinheiro emprestado. Se nós descontado do nosso salário antes e queremos reembolsar o crédito com antecedência, mas que nos vão fazer pagar a amortização antecipada, podemos cancelar o contrato.

Deixe um comentário