Negócio próprio: o que ter em conta para que seja um sucesso

O projeto de ter um negócio próprio costuma ser um sonho que muitos de nós temos. Empreender um negócio cuja rentabilidade depende exclusivamente do nosso esforço e dedicação, é o alvo de muito. No entanto, não são tantas as pessoas que o conseguem, não por menos, na primeira tentativa.
Neste artigo vamos discutir algumas experiências e dicas, que podem ajudar a evitar algumas dores de cabeça.
O que devo levar em conta na hora de começar o meu próprio negócio
Abaixo, vai um resumo de líderes e empresários de sucesso:
Estudar e analisar antes de dar o primeiro passo
Quando falamos do primeiro passo, nós nos referimos a investir o dinheiro. Antes de assinar o contrato de arrendamento de um local comercial ou comprar um serviço ou mercadoria, vejamos.
Se queremos começar com o negócio de vender, sejam produtos ou serviços, é bom que analisemos o mercado. Algumas perguntas que você deve fazer: no lugar em que me instalaré, qual é o perfil da população? como são pessoas, em sua maioria jovens, ou é um ambiente familiar? Isso define o perfil de consumidor. Outra pergunta é, tenho muita competência nessa área? quais variáveis vai depender do valor do serviço ou produto que ofereça?
Procurar aconselhamento profissional
Além de que não seja muito complexo ou sofisticado, por exemplo, o serviço que oferecemos, sempre convém ter a opinião profissional. Mas a que tipo de profissional estamos nos referindo? Aqui a resposta dependerá, naturalmente, do segmento em que nos movamos, mas há sempre dois ou três profissionais que precisamos: um contador ou bacharel em economia, um advogado, um profissional vinculado ao tipo de serviço ou produtos que vendermos. Lembre-se sempre que perante a lei não é válido dizer: “eu não sabia”.
Estimar o tempo de retorno do investimento
O que significa concretamente? Vejamos um exemplo: estimámos que devemos fazer um investimento inicial de 10 000 dólares para abrir as portas de nosso local comercial. Mas, em quanto tempo terei recuperado esses 10 000 dólares de investimento? Quando falamos de dólares recuperados é dinheiro proveniente de ganhos, não de entrada de caixa.
Estimar esse tempo é muito importante para que um plano de pagamentos, de investimento e até mesmo de expectativas, cumpra-se. Talvez você pode investir 10 000 dólares hoje e não precisa recuperá-los em breve. Mas o que acontece sim, pelo contrário, necessita de dinheiro, dentro de um ano, pois com o que você tem pensado em comprar máquinas ou outros recursos. Nada como ser evitado.

Para saber mais sobre métodos e ferramentas financeiras
Hoje em dia todos nós nos seguramos com cartões de crédito ou débito e sabemos como fazer um cheque. Mas se entrarmos no mundo dos negócios, e somos nós que tomamos as decisões de pagamentos, devemos saber um pouco mais do que isso. Há sistemas de pagamento, o que implica custos para o comerciante, há sistemas que significa receber pagamentos de forma lenta. Há certas formas de pagamento e cobrança, que também envolvem riscos. Atualmente, existem muitos softwares disponíveis na internet que lhe permitem compreender como se processam essas ferramentas. Existem até programas de contabilidade, para que possa transportar os números do seu negócio, de uma maneira rápida e ágil. Investir um pouco de tempo neste ponto.
Não esquecer o princípio zero
Qual é esse princípio? Ter um negócio próprio não significa que iremos trabalhar menos do que se fosse um funcionário dependente. Muito pelo contrário, ser nossos próprios chefes exigirá mais dedicação, disciplina e disponibilidade de tempo. Se vale a pena? Isso vai depender do que estamos dispostos a dar e, de quão importante seja para nós, é o trabalho em si mesmo.
Por: Marisa Peris

Receba os Nossos artigos em sua caixa de correio electrónico. Junte-se a nossa comunidade, é grátis.

Nome

Endereço de email: