Já chega Bizum, a plataforma de pagamento móvel que mudará tudo

Prepare-se, porque no último trimestre do ano chega Bizum. A nova plataforma de pagamento móvel, que irá mudar sua forma de pagamento em estabelecimentos comerciais, bem como pagar e receber o dinheiro.

O projeto tecnológico participam 27 instituições financeiras, que investiram 100 milhões de euros para o seu desenvolvimento. E para cuja gestão criaram a empresa Sociedade de procedimentos de Pagamento S.L., onde Caixabank é o acionista majoritário, seguido do BBVA e Santander, entre outros.

A pressão de novas fintech não bancárias que ameaçavam ocupar um aparte do negócio das instituições financeiras, fizeram reagir a todo o sistema financeiro espanhol, que foi aliado para desenvolver Bizum e estender seu uso massivo quanto antes.

O que é Bizum? Muitas entidades já tinham a sua própria app móvel para pagamentos entre usuários ou pagamentos em lojas com o seu celular. No entanto, era de uso exclusivo entre os clientes de cada entidade. O que fazia com que proliferasen muitas plataformas de pagamento semelhantes, mas nenhuma majoritária. Bizum no entanto será um meio de pagamento móvel universal e permitirá, além de transferir dinheiro entre os usuários, sejam do banco de que sejam. Gostaria de saber como funcionará?

Acionistas a sociedade gestora Bizum

Ao longo destes meses, as instituições financeiras vão comunicar aos seus clientes o lançamento de Bizum, para tratar de que o maior número de clientes incorpore à sua operacional no que respeita esteja disponível para seu uso.

A plataforma de pagamentos Bizum, poderá ter um nome diferente em cada banco, mas funcionalmente será idêntico para todos os usuários, sejam do banco que sejam, e chame como se chame.

Com esta plataforma de pagamentos móveis, pretende frear a ameaça de Samsung Pay e as aplicações de outros gigantes da tecnologia. Ou, como dizem, a partir das instituições, constituir uma ofensa. A aplicação que se faça com a posição dominante na operação de pagamento móvel, vai se tornar o meio de uso em massa. Daí a forte concorrência e a urgência de dar uma solução para esta necessidade dos usuários.

A partir de seu lançamento, as entidades entrarão na briga por clientes compartilhados com vários bancos. Já que para usar o aplicativo, será necessário ligar para o seu número de telemóvel de uma única conta bancária, onde procurarão levá-todas as operações de cobrança, pagamento e envio de dinheiro.

De modo que você pode enviar dinheiro a qualquer usuário de Bizum em Portugal, simplesmente conhecendo o seu número de telefone. A grande característica da plataforma é a sua rapidez nas transações. Em um máximo de 10 segundos e um mínimo de 1,5 segundos, o dinheiro chegará à conta do beneficiário, independentemente de se tratar de um dia útil ou não, ao contrário das transferências que levam um período máximo de 24 horas úteis. O máximo por operação será de€ 1.000.

Uma vez implantado, em Espanha, quer que funcione e que seja compatível para o envio de dinheiro a usuários móveis em países da União económica monetária.

Bizum também servirá como meio de pagamento contactless, o que poderia reduzir significativamente o parque de cartões de plástico, a médio prazo. Para fazer um pagamento em um comércio, é só aproximar o telefone ao TPV e de introduzir o PIN.

O suporte tecnológico de Bizum, irá a cargo de Redsys, plataforma de cartões de Catalunyacaixa e 4B.

Por enquanto desconhece-se o custo que podem ter as transações. Ainda não se falou isso, mas em todo caso, será coisa de cada entidade, embora Bizum afetará o mesmo preço para todos os bancos parceiros. O lógico seria que as tarifas fossem homogêneas. Grande parte do sucesso potencial que pode ter Bizum, cabe a este ponto. Já que, se o custo de operação é alto demais, impedirá que a sua difusão e implantação seja em massa.

A dia de hoje Bizum se encontra em fase de testes. E uma das principais preocupações que manifestaram os usuários que lhes foi dado a conhecer a aplicação, é o que acontece se você perder o celular? Você pode ser vítima de uso fraudulento de pagamento?

Em princípio, não é possível fazer pagamentos sem introduzir as chaves de usuário de Bizum. Mas de todas as formas, serão implementadas as mesmas meias de segurança que tem qualquer cartão de plástico, diante de roubo ou perda.

Só o fato de poder enviar dinheiro de forma instantânea com Bizum, a qualquer pessoa, apenas conhecendo o seu número de telemóvel, seja do banco que seja e do operador móvel que seja, é um avanço que certamente será uma verdadeira revolução na forma de fazer as nossas operações correntes e de pequenos montantes.

O que você acha da plataforma de pagamentos Bizum? Você acha que vai se tornar o meio de pagamento de massa? Pensas que deste modo se perde a privacidade, ao ficar registrados todos os pagamentos? Você acha que o pagamento móvel fará desaparecer as placas de plástico?

Deixe um comentário