Eu sou um estudante, eu me concedido um crédito pessoal?

Quando nós terminamos a corrida costuma ser comum enfrentar uma sensação de vertigem permanente. É um momento em que temos muitas dúvidas e em que temos que tomar muitas decisões. Eu Me dedico a um ramo ou a outra?, você me independizo ou fico em casa?, será que eu vou do país ou me assento aqui?, sigo estudando ou procurando trabalho? É possível que nossos pais não possam costearnos os estudos se decidirmos continuar estudando. Já é difícil por si só, assumir a responsabilidade da vida adulta, assim que tomar a decisão de seguir formándonos não deverá ser um problema por falta de capital. Por isso, para resolver este tipo de problemas econômicos, podemos recorrer a um crédito pessoal, atualmente, são muitas as entidades e credores que nos oferecerão financiamento.
Informe-se agora com a nossa Guia grátis sobre como pedir um financiamento ao banco
Quem nos oferecem empréstimos pessoais para seguir formándonos?
Se decidirmos continuar a estudar e fazer um mestrado, temos várias alternativas de financiamento. As entidades bancárias ou privadas são conscientes da necessidade de financiamento de muitos jovens que não contamos com a capacidade económica para enfrentar o elevado custo de um mestrado. Para isso, dispomos de empréstimos universitários, com os quais podemos aceder a diferentes quantidades de dinheiro, de acordo com o credor ou o montante que deseja solicitar.
Na tabela abaixo podemos comparar os três empréstimos pessoais mais baratos do mercado, com os que pagar nossos estudos não representará um problema:
Empréstimo Quantidade max. TAE Prazo Vantagens Me interessa

Crédito Projeto de Cofidis 15.000 € a Partir de 5,06 % Em 12 meses até 6 anos

Resposta imediata
Sem comissões nem vinculações
Transferência em 24 horas
Não é necessário mudar de banco

Solicitar

Empréstimo Pessoal Cetelem 50.000 € a Partir de 6,95 % a Partir de 3 meses até 8 anos

Entrada em 48 horas
Não incluem comissões nem vinculações
Reembolso antecipado gratuito
Garantia de 2 meses

Solicitar

Empréstimo Plano de Bigbank 15.000 € a Partir de 6,95 % Em 12 meses até 6 anos

Sem comissões nem vinculações
Dinheiro disponível em 48 horas
Preaprobación imediata
Não precisa mudar de banco

Solicitar
Estas ofertas representam soluções para todos os tipos de finalidade, no entanto, há que levar em conta que também existem algumas desvantagens na hora de solicitar um crédito. Adquirir uma dívida sendo jovens é um risco que devemos meditar, já que vamos ter que enfrentá-lo nós mesmos e o melhor, não estamos preparados para assumir essa responsabilidade. Por isso, é aconselhável informar-se previamente das bolsas de estudo e auxílios que oferecem alguns organismos públicos e privados, pois podem ser uma boa opção para a nossa situação.
Por outro lado, se precisamos de uma quantidade elevada, geralmente, costumamos recorrer ao banco, já que nos oferece várias vantagens, entre elas, um período de carência. Isso nos permite não pagar uma parte ou a totalidade de uma ou várias parcelas dos empréstimos pessoais. Não obstante, devemos pagar esta taxa, mais tarde, com os interesses que se tenham acumulado sobre o montante diferido.
As chaves para saber qual o crédito de estudos nos convém
Tomar a decisão de solicitar um crédito pessoal para financiar um mestrado e com quem, é uma escolha importante, portanto, deve ser tomada depois de ter analisado as opções cuidadosamente. Devemos saber que a oferta se ajusta melhor às nossas necessidades, pois determinará o nosso futuro. Para fazer isso, vamos fazer um resumo de alguns aspectos a levar em conta na hora de solicitar o financiamento:
Ir para o nosso banco, para informar-nos sobre as diversas possibilidades de financiamento.
Investigar sobre ofertas em convênio com a Universidade.
Comparar crédito que oferecem as melhores opções. Em Blog Economizando podemos nos informar sobre os diferentes tipos de crédito pessoal, entre os quais pode escolher o que nos convém.
Estar alerta da letra pequena. Devemos olhar para todas as condições do contrato para ter uma ideia do custo real.
Como vemos, conseguir financiamento para estudar é uma possibilidade, se a falta de liquidez nos impede. Por se tratar de uma necessidade importante para os jovens, as entidades públicas e privadas se vêem na posição de oferecer este tipo de crédito pessoal através da adopção de um compromisso social.

Deixe um comentário