É uma boa ideia comprar ações do Banco Popular?

Não podem impedir isso de chover os titulares na imprensa sobre a situação do Banco Popular desde há meses. A sombra da venda paira sobre a entidade. Após a entrada da nova directiva é aumentaram os rumores sobre o Banco Popular. E já se sabe que quando o rio soa água leva. Apesar de a situação da entidade financeira, me têm chegado várias consultas perguntando se seria um bom momento para comprar ações do Banco Popular, a par do que outros me pedir se você deve vender ou aguentar o que vier.

O certo é que o mercado é o resultado de um choque de expectativas. E onde alguns vêem um risco iminente, outros a vêem como uma grande oportunidade. Bom, diante de tanto interesse, tenho parado para estudar um pouco a situação, para poder emitir uma opinião a respeito.

A verdade é que eu posso te dizer que, eu mesmo estou avaliando a compra de ações do Banco Popular, mesmo apesar de ser uma entidade que havia mantido à margem dentro meus alternativas de investimento, apesar de que já considerava desde o final do ano passado que os bancos iriam ser um bom setor para investir em 2017.

Para saber se é uma boa ideia comprar ações do Banco Popular nesses momentos, tentei analisar a situação a partir de vários pontos de vista.

Quanto vale o Banco Popular agora? Em primeiro lugar, procurei as últimas classificações e recomendações das casas de análise de ações nos últimos meses.

Enganam-Se bastante, mas bom, supõe-se que mais profissionais do que eles para interpretar a situação e a informação, não há ninguém. Embora, como digo, a hemeroteca está cheia de exemplos que acreditam que seus desacertadas previsões.

O UBS, por exemplo, em janeiro deste ano, que recomendou fugir do Banco Popular, fixando um preço-alvo de 0,80€ e alertando potenciais quedas de mais de 20%. No mês passado, pelo contrário, Kepler dizia que tinha que vender, já que pensavam que valia 0,40€ por ação. Norbolsa fixa o preço-alvo da ação em 0,70€ e JP Morgan baixa no início de maio, o preço-alvo do Banco Popular até os 0,60€ a ação. Em geral, o consenso de mercado é uma venda mais clara. E há quem pense oficialmente, que o valor do Banco Popular é próximo a zero.

Vejamos mais dados para saber se o poder de uma boa ideia comprar ações do banco Popular ou não.

Há um ano aproximadamente, Liberbank e o Banco Popular, eram os bancos mais baratos em relação a seu valor contábil em livros. Liberbank cotados então a 0,4 vezes o seu valor contábil em livros e Banco Popular a 0,44 vezes. É dizer, que se liquidaban o banco por completo, se davam de 2 euros por cada euro investido. Nesse momento, as ações do Banco Popular cotizaban a 2,10€. É dizer, que as ações caíram desde então, cerca de 70%. Se há um ano estavam baratas em termos de valor contabilístico, agora estão mais.

Por outro lado, há que ver o que há no balanço. Porque isso era há um ano. Antes de reconhecer que havia provisionado menos do que deviam por o risco imobiliário e ampliar as perdas do exercício passado. De facto, se olharmos para o seu ativo, é o banco do sistema financeiro com maior percentagem de ativos problemáticos, em 12,5%. É dizer, que tem bastante porcaria em suas contas de difícil classificação. E o valor de um banco pode deteriorar-se rapidamente em pouco tempo.

Fonte: Cinco dias
Mas claro, nem tudo são sombras e por isso me considero, talvez, comprar ações do Banco Popular agora.

Para começar, supõe-se que tudo isso que você acabou de comentar o mercado foi descontado com cores de vôo. Por outro lado, continua a ser mais barato e é um banco histórico de tamanho médio, muito bem posicionado no segmento de pequenas e médias empresas em Portugal, o que lhe dá uma grande rentabilidade para o seu negócio.

Além disso, tem pequenos ativos muito rentáveis, que são um doce para qualquer um. Como o negócio de cartões, concentrado agora em Wizink, sua filial americana Total bank, da divisão de banca privada ou Targobank. Em 2011, vendeu 60% de sua gestora de fundos a Allianz e poderia vender a totalidade. Além de toda a sua carteira industrial, que poderia fazer líquida para recapitalizarse como fizeram com Merlin properties.

Enquanto isso, são o banco que mais juros paga pelo dinheiro dos poupadores. Porque o pior que pode acontecer a uma instituição financeira é que os jogadores entrem em pânico bancário. De fato, há uns dias, já houve um rumor de fuga de depósitos no Banco Popular. O que costuma fazer com que a situação se retroalimente em negativo. De repente, Luis de Guindos já saiu dizendo que não será necessário injetar dinheiro público no Popular.

Já basta o fato de dizer isso dá calafrios, porque, às vezes, quando saem para tranquilizar desde o governo, quer dizer que estamos mais perto do que o contrário. Mas tudo bem, digamos que não.

A notícia que gerou mais revolta, foi a de há uma semana, em que se dizia que a nova directiva havia encarregado da venda urgente do banco. E por que alguns lhe despertou o interesse de comprar ações do banco Popular. E é que o comprador, em teoria, deveria pagar um prémio de controlo para se fazer com a entidade.

De repente, aquilo a venda urgente negado. Mas, no entanto, a diretiva do Popular foi fixado em 10 de junho como limite para aceitar uma das ofertas de compra ou fazer uma macro imagem de capital. As noivas de momento são todas espanholas. Os três grandes banco Santander, BBVA e Caixabank. E Bankia, se conta com a chancela do Governo.

O certo é que BBVA chegou a fazer uma oferta de compra pelo Banco Popular a 1,35€ da ação, em novembro do ano passado. E hoje de cerca de 0,65€ a ação. E a directiva atualmente, valoriza-se obter um preço de 1,20€ a ação se finalmente vendem. Supõe-Se que no BBVA não são parvos e ninguém paga rígidos quatro pesetas, então algo vai valer Popular. E, portanto, há um potencial benefício para pensar comprar ações do Banco Popular para depois vender se chega a OPA por parte de um concorrente.

O PER do Popular é 6 vezes para 2018, com uma previsão de lucros revisada para 2018 de 470 milhões de euros, depois de provisões. E a menos que nos escondam algo que não sabemos, não pode ser que as ações do Banco Popular passem a valer zero. Assim que os níveis atuais e perto de mínimos históricos, eu acho que comprar ações do Banco Popular em previsão de uma operação societária de fusão, não é nenhuma loucura. Mas o medo é livre e o risco de ser envolvido em uma ampliação de capital e mais quedas está lá. Não te posso dizer mais. Você decide o que quer fazer com seu dinheiro.

Deixe um comentário