Descubra o segredo dos negócios online para vender mais na internet

Os números de negócio do comércio eletrônico não param de crescer ano após ano. Há anos que já dizendo que o futuro de muitos negócios tradicionais, na internet.

Mundo offline e online, são compatíveis. Mas este último é hoje quase indispensável para qualquer negócio.

Há uma explicação para o constante crescimento das vendas na internet, que tem que ver com o avanço e a implantação da tecnologia em nossas vidas. Outra, porém, é obtida a partir de uma mudança cultural e de estilo de vida.

Os jovens de hoje são uns verdadeiros nativos digitais, que não prevêem outras formas de compra para um determinado tipo de artigos e consumo.

Viagens, lazer, roupas, comida… tudo, até se liga pela internet. Mas qual é a pedra angular sobre a qual se apoia o incessante crescimento do comércio eletrônico, que lhes permite vender mais para os negócios que estão na internet?

A resposta é o e-mail. Sim, assim é. Os americanos que têm o mercado online mais desenvolvido e avançado do mundo, costumam dizer isso de money is in the list. É dizer, que o dinheiro está na lista de e-mails de assinantes.

Se paga muito dinheiro para captar subscritores potenciais bem feitos, os que chegar constantemente com boas e interessantes propostas na caixa de entrada, das quais uma percentagem acabaram se convertendo em vendas.

Há quem acredita que no futuro próximo o e-mail pode chegar a desaparecer, substituído por outras ferramentas de comunicação mais recentes e atuais como o WhatsApp ou as redes sociais.

Se bem que estes outros são alternativos de comunicação, que também podem ser usadas como ferramenta de venda, não acredito que o e-mail vá desaparecer ou ficar relegado a um segundo plano.

A importância que tem o e-mail no marketing online, para que os negócios online possam vender mais, faz pensar que continuará a ser uma ferramenta-chave no futuro. Empresas de ponta no mundo do e-mail marketing como 1and1 te dão algumas dicas neste post, sobre o que se pode esperar da evolução no mundo de mensagens virtual.

A maioria de pequenas empresas que dão o salto para a internet ou blogueiros com negócios digitais, são unânimes em apontar como o maior de seus erros não ter ou não ter criado um sistema de assinatura por e-mail desde o início. Já que o final é o canal estrela através do qual se acabam fechando a maioria de vendas.

Se investigas um pouco dos que mais vendem na internet, você vai perceber que todos, sem exceção, utilizam alguma ferramenta para capturar e-mails e obter os assinantes receberão uma cadeia de e-programada, com um autoresponder.

A alavanca chave para vender mais é o e-mail. Mas depois você precisa saber para implementar um certo funil de vendas que capte a atenção dos assinantes e gerar essa sensação de necessidade que termina na compra.

Ora, dado que todos utilizam este sistema de venda, você tem que ter certa habilidade para não saturar o assinante. Pois no final eles recebem centenas de e-mails por mês das diferentes empresas, gerando uma sensação de infoxicación e bloqueio, que faz com que as taxas de aberturas de e-desce, e com isso as vendas.

Então além de tocar o ponto-chave que motive a compra, há que definir uma frequência e um método que faça com que o assinante siga abrindo seus e-mails e mantenha o interesse.

Depois de tudo, quando alguém se dá de alta em um boletim informativo ou assinar alguma loja ou serviço que envia informações de seu interesse, é mostrado um grau de atração que os visitantes que vão e vêm de sua página web ou o seu negócio online.

Graças a essa pequena informação que facilitam, ao dar-te o e-mail, lhe abrem a porta a um pequeno espaço privando onde se desenvolve todo o processo de venda.

É uma prática tão antiga como o próprio internet, mas não por isso menos eficaz. De modo que, se você não sabia como vender mais com um negócio na internet, o que você tem que fazer é captar e-mails.

Você precisa de uma boa desculpa que faça com que muitos de seus visitantes para o seu espaço web na internet, se dêem o seu e-mail. E para que seja eficaz, você deve definir muito bem que tipo de assinante quiser obter com a informação de alto valor que você fornecer.

Isso dependerá depois que você possa vender mais ou menos com a sua lista de e-mail. Lembre-se que não vale tudo, não se trata de obter endereços de e-mail, sem rima ou razão. Quanto mais perfilamento e segmentado for o assinante, mais chances você tem de vender.

E lembre-se de que, nem tudo o que você enviar para as pessoas de sua lista de e-mail tem que ser em chave de venda. Você tem que alternar informação de valor com a oferta. E, desse modo, evitar que caia a sua taxa de abertura de e-mails ou suspensas.

Deixe um comentário