Conta 360 Cajamar. Vantagens e condições

Agora está muito complicado tirar algo de rentabilidade sem risco para as economias e uma conta de um banco que se de um serviço completo sem pagar comissões. Por outro lado, são cada vez mais altas.

Tenho estado à procura de alternativas e dei com a conta 360 Cajamar. Uma conta de poupança para o dia-a-dia, que pretende fazer concorrência para a conta 1 2 3 do Banco Santander, já que vai um pouco na mesma linha.

Está visto que o de ter várias contas em vários bancos, não tem sentido, se não tem muito dinheiro para repartirlo. O prémio agora é a fidelidade. E se você pode agrupar o seu funcionamento em um ou dois bancos pode ter algum benefício. É a única maneira de que não se levantem e de poder tirar alguma vantagem.

Depois te conto as condições da conta 360 Cajamar e a opinião global que eu tirei de tudo o que eu vi sobre essa conta para o dia-a-dia.

Trata-Se de uma conta corrente para sua operacional básica, que não tem comissões que se cumpram uma série de requisitos. Mas que, além disso, fornece uma rentabilidade de até 3% de TIN cumprindo com uma série de vinculações.

A conta 360 Cajamar, a priori, é uma conta sem comissões para clientes e não clientes que domicilien a folha de pagamento ou similar da entidade.

Se não cumprir alguma destas quatro possibilidades, ter domiciliada uma folha de pagamento de, pelo menos, 645,30€ mensais, pensão de, no mínimo, de 300€, recibo de pagamento autônomo de pelo menos 175€, ajudas da PAC de 3.000€ e, além disso, é sócio de Cajamar, com uma contribuição de 1.000€ de saldo médio e não tem inadimplência da entidade, tem certas comissões isentas.

Com essa base de partida, com a conta 360 Cajamar não tem comissões de manutenção, você tem 5 transferências da União Europeia grátis por mês, 5 transferências internas gratuitos por mês e entrada de cheques sem comissão sem limite de operações.

Por outro lado, a conta 360 também oferece rentabilidade para as economias se você tiver um saldo de 1.000€, você é cliente do escritório virtual e você tem instalada e ativa um cartão de crédito Visa ou Mastercard standard. Para que o cartão de crédito seja grátis, você tem que ter um volume de pagamentos com cartão de 600€ por trimestre.

Isso des série, mas para que a conta 360 de Cajamar se remuneração o saldo, você terá que cumprir duas vinculações entre as seguintes, que como você vai entender, são produtos que deixam margem e rentabilidade a Cajamar.

As contribuições para planos de pensões ou PPAs de 480€ por ano, ou mais, mínimo de contribuições para seguros de poupança de prima periódica por um mínimo de 480€ por ano, um seguro de vida por um mínimo de 50.000€, ter ou contratar um seguro de casa ou morte por um prémio de pelo menos 190€, um seguro de ILT de um prémio mínimo de€ 200 ano e/ou um saldo médio anual de 10.000 e em fundos de investimento.

Cumprindo as condições da conta 360 Cajamar efetuar o pagamento de 1,50% de 1.000€ a 3.000€ e 3% TIN de 3.000€ até 12.000€. É dizer que você poderia sacr 291,60€ líquidos por ano a conta com a remuneração.

Para quem é aconselhável a conta 360 de Cajamar? O que me parece a conta 360?

Colocando as coisas em contexto e vendo que nenhum banco paga quase nada pela economia, que a comissões dos bancos são cada vez mais altas, etc., eu acho que não está mal.

E agora, o que vejo para alguém que já é cliente vinculado da entidade ou lhe falta um empurrãozinho para amarrar um pouco mais, ou para alguém que queira trocar de banco e procure uma solução global com algo de benefício para seu banco atual não dá.

Para ir para médias e ter que andar olhando contas para ver se cumpre os requisitos, não o vejo. Se não cumpre se aplicam comissões padrão e em Cajamar não são baratas precisamente.

Quais os inconvenientes vejo?

Pois, homem, parecem-me muitas exigências. Não sei quem fez esses produtos, mas que certamente não são nada simples. Com tanta condição, eu acho que é uma conta muito pesado. Se eu vou a um banco a informar-me para abrir uma conta e me começam com tanta volley de coisas, diretamente ao minuto dois, coxo me levanto e vou. Eu gosto das coisas fáceis e claras. E contas com tantas condições não me parecem transparentes. É uma opinião. Para o gosto de cores, mas é o que penso.

Sei que a ideia da consideração 360 Cajamar é copiar o conceito agressivo de fidelizar e atrair a conta 1 2 3 do Santander, mas fica em um quero e não posso. A conta 123 o Santander lhe está a custar muito dinheiro, mas pode fazê-lo porque tem músculo financeiro. Cajamar quer fazer o mesmo, mas para que lhe saiam as contas não quer arriscar-se a rentabilizar o cliente para o futuro e lhe pede uma série de produtos com as quais sabe que você ganha dinheiro ao cliente.

A parte técnica da entendo, mas o comercial não. Me parece um erro. Um produto com muitas limitações, que só lhe vejo se tem a certeza de que você vai Cajamar com tudo. E mesmo assim o de ter que se associar e contribuir com capital em Cajamar, que é uma cooperativa de crédito, não gosto de nada.

Homem se pode classificar fazer a conta 360 Cajamar, porque além alternativas são poucas, mas há que fazê-lo fácil e a minha esta conta não me parece. Entre a do Santander e Cajamar, fico com a do Santander que, além disso, devolve um percentual de todos os recibos e o saldo pago chega até os 15.000€ Tu que pensas?

Deixe um comentário