Como viver melhor trabalhando por sua conta

Você odeia seu trabalho? Você acha que seu emprego está te matando pouco a pouco? Você se sente prisioneiro de um emprego que não te motiva? Você acha que o seu trabalho está te fazendo mais infeliz a cada dia? Você está a ponto de chegar ao limite?

Se você se identifica com essas sensações por que você se atreve a agir? Você tem medo? Você tem medo de não poder pagar a hipoteca e suas faturas?

Se se vê preso em um emprego que não gosta, mas que não ousa deixar porque você caiu presa de dívidas, infelizmente é mais uma vítima do modelo de consumo e a educação dirigida, que nos ensinaram desde pequenos.

Mas pode ser que ainda esta a tempo de fazer alguma coisa. E em vez de lamentarte e se tornar um morto-vivo mais, você pode lançar-se a trabalhar por sua conta e conseguir um melhor maneira de viver o que vive agora. Vou Te dizer um segredo.

Tu o que você precisa não é um trabalho, se não renda para pagar suas faturas. Mas isso não significa que, necessariamente, tenha que trabalhar para os outros em algo que não gosta, em troca de aceitar ter livres nos fins de semana e alguns dias de férias por ano, para fazer o que realmente gosta.

Leia bem isso e várias vezes, se necessário. Está provado, cientificamente, que as pessoas que ocupam postos de trabalho com os que não se sentem realizados, além de ter um impacto psicológico negativo, a longo prazo, causa doenças e encurta a esperança de vida.

Dito de outro modo, para que se fique mais claro. Realizar um trabalho que não gosta de mata. Assim como soa. E insisto, não só falo de espiritualmente, quero dizer, fisicamente.

A solução passa por trabalho por sua conta. Mas ao chegar lá a partir da situação em que você está, primeiramente você tem que ter claro o que é exatamente o que você quer e passar à ação.

Imagine como você se sente manhã, se abandonases esse trabalho que tanto detestas que te amarga cada dia da semana. Você se sente mais livre? Mas então, por que não o faz?

As dívidas claro. Como pagaras a hipoteca da casa? E esse carro tão luxuoso e equipado. Em que horas financiarías da compra. Você poderia ter se conformado com algo mais modesto?

Mas o certo é que, certamente, não se atreve a dar o passo, por o que dirão. Isso também pesa. E como vivemos em uma sociedade que esmaga aqueles que são de alguma forma são diferentes, é certo que se você deixar o seu emprego para trabalhar por sua conta, não iria encontrar muitos apoios, nem com palavras boas em seu ambiente.

Mas acima de tudo, também é o risco. Essa dúvida se será bom ou não. Se conseguirá viver melhor trabalhando por sua conta ou será um erro. Se você alcançará o estilo de vida que você quer ou fracasarás.

É normal. Mas é por isso que o que te proponho é que não dê um salto ao vazio, se não que você essa motivação para uma vida melhor, para ir construindo um plano B. Eu não disse que ia ser fácil mudar de vida. Mas se realmente é o que você quer, do que está à espera a cumpri-lo a reformar-se? Se você está bem, dois terços da população fazem e cada vez vivem mais anos, mas não todos conservam a saúde e a qualidade de vida de quando você é jovem.

De modo que, por que não transformar essa forma de vida que gostaria de levar quando se jubiles, em seu trabalho por conta própria? Há um enorme movimento crescente nos Estados Unidos, que defendem coisas como a vida nômade ou a aposentadoria precoce, para poder viver melhor e mais felizes.

Um conselho é que reduzcas todo o possível para suas necessidades e suas expectativas de ter e comprar. Nos venderam desde pequenos que o sucesso e a felicidade reside em dinheiro e as coisas que você pode comprar com ele. No entanto, é o único que consegue é que as coisas que tens te possuam a ti, e te façam mais infeliz.

De todas as formas, não acredite no que digo isso porque acha que trabalhar por sua conta, você vai ganhar menos dinheiro. Todo o contrário. Provavelmente, deste modo, você pode chegar a ganhar mais dinheiro do que trabalhando para os outros. Mas se eu acho que é importante que se conciencies de que mesmo que tenha dinheiro, você não precisa comprar muitas coisas. O dinheiro é uma ferramenta, que se bem administrada, lhe proporcionará segurança e tranqüilidade para resolver os problemas que realmente importam na vida. Ainda que não se possam resolver com dinheiro.

O certo é que as melhores coisas da vida, geralmente são grátis. E que mais do que comprar coisas com o dinheiro que você ganha, o que você deve fazer é investir em si mesmo e adquirir habilidades que lhe permitam conseguir as coisas que quer e viver a vida como você sonhou.

O que você gosta de viver alguns anos percorrendo o mundo com uma mochila às costas? Vale, pois, aprender idiomas. Desenvolve habilidades pessoais, trabalha a sua inteligência emocional, treine-se para influir sobre as pessoas e captar sempre o bem das pessoas que você tropeça em cima da vida.

Quer um bom salário? O que como você vai sair? Meu Amigo, como eu disse em outras ocasiões, Quantas vidas você tem para vender? Se você trocar seu tempo por uma tarifa hora, esperando a reformar-se ou aos fins-de-semana para desfrutar, estas morrendo lentamente.

O melhor profissão do mundo que você pode fazer se você parar para trabalhar por sua conta, é dedicar-se à aquilo que você gosta tanto e que se o fizesse todos os dias, não se daria mais do que satisfações.

Você adora o surf? Gostaria de instala em tarifa, depois de ter percorrido meio mundo? Pois, começar a dar aulas de surf na Tarifa e viver a vida como a sonhou, que só temos uma e não sabemos quando vai acabar. E não nos julguemos tanto para aqueles corajosos que se atrevem a deixar tudo por um sonho, se é o que realmente querem para suas vidas. Trabalhar por sua conta, sem chefes, com flexibilidade e seus próprios horários pode ser extremamente libertador e fazer de sua vida uma sucessão de momentos inesquecíveis. Você é dos que passam à ação? O que você acha?

Deixe um comentário