Como poupar em casa

Se um site, onde vai grande parte de suas receitas, logicamente, é o mesmo onde poderá tomar certas medidas para conseguir uma poupança interessante. E todos nós sabemos que onde se vai mais dinheiro é em casa, tanto no que pagamos por ela como pelo que ela consumimos todos os meses.
Para obter essa economia, hoje eu quero deixar uma série de dicas que levados ao pé da letra que lhe permitem obter uma economia em casa.
Sempre ter um orçamento
De pouco vale que te lanço a comprar coisas para a casa, se não sabe do que dinheiro você tem para fazer isso e se está a pensar seriamente em não exceder este limite. Quando você vai comprar coisas para casa, desde móveis até a compra semanal, sempre presente qual é o valor máximo do que você tem para gastar. Mal vai se começar de forma leve comprar coisas sem rima ou razão porque não vai ter carteira que lhe chegue.
Fazer uma lista do que você precisa
Você tem que cobrir uma necessidade e precisa fazer uma compra específica. Diante de duas opções para atender a sua necessidade você poderá comparar os preços que têm as duas opções e verificar se o mesmo se compensam, mas o que está claro é que, você precisa fazer uma lista das necessidades que você tem que cobrir.
Compara, compra inteligentemente e de forma econômica
Se você tiver que escolher entre produtos substitutos para cobrir uma necessidade, compare preços e prestações. Opte pela compra mais econômica que cubra de verdade as suas necessidades. De nada vale ter uma necessidade que marcaste no ponto anterior, se, chegado o momento, a mudar para comprar um produto mais econômico. Isso não é economizar, é alterar as suas necessidades, com o qual, quando você chegar em casa e usar o produto que você comprou, você vai se dar conta que não era o que você queria de verdade e que você realmente gasto o dinheiro estupidamente. Lembre-se, ao final, o barato sai caro.
Um exemplo do que você tem em seus prestadores de serviços: se você se importa de ver que a operadora de telefonia móvel é o que te dá o melhor serviço e mais barato e se você mudar, por que não faz o mesmo com o provedor de luz e/ou de gás? O primeiro é fácil, mas o segundo custa mais.
As chamadas que fizer ouvem da mesma forma, os quilowatts que utilize, também,etc., com o qual, enquanto menos te custe muito melhor. Portanto, aqui você pode economizar: fica sempre em alerta de ofertas da concorrência de seus fornecedores.
O velho não deixa de ser útil
Muitas são as pessoas, não digo que você seja assim, que quando leva alguns anos assistindo, por exemplo, um televisor em casa, considera que agora levam-se mais estreitas e lisas, que ocupem menos, etc. quando realmente a tv funciona perfeitamente, mas, é claro, não está na moda.
Deixar-se levar pelas modas nas compras do lar é sinônimo de desperdício. Seguindo com o exemplo, você se lembra quando um televisor de plasma custava 3.600 reais, enquanto que agora, apenas chega aos 750 reais? Quem é obcecada por comprar em seu momento, por uma necessidade irreal que o mesmo foi inventado, acabei puxando o dinheiro.
“2912”]
Por isso, uma dica importante, sobretudo em temas de tecnologia: os produtos de tecnologia são os únicos que caíram no preço na última década, além de que ficam obsoletos muito rápido, estando ainda novos.
Neste tipo de produtos a analisar a utilidade, e não a antiguidade dos produtos. Se você tem uma máquina de lavar de 8 anos e lava perfeitamente, por que trocá-la por outra, enquanto a cumprir sua missão? De certeza que em breve sairão máquinas novas no mercado que permitam reduções de preços em modelos que poderemos comprar mais barato do que se o tivéssemos comprado antes.
Diferenciar necessidade de verdade com autonecesidad que nos colocamos a nós mesmos.
Uso eficiente das coisas
Você deve tomar consciência de que muito do gasto em excesso que temos em casa e que não toca a poupar mais é por causa de nossos hábitos de conduta. Excesso de temperatura e aquecimento, deixar luzes desnecessariamente acesas, deixar correr a torneira da água mais do que o necessário, colocar a máquina de lavar roupa ou louça a meia carga, etc., Muitos são os nossos hábitos que fazem com que gastar em casa mais do que o necessário.
Analisa o que é eficiente e tenta mudar seu comportamento nessa direção. Estou mais do que certo de que sabe a ciência certa que é o que você faz mal em sua casa e que lhe permitiria poupar um dinerillo ao final do mês ou no final do ano, então por que não o fizer e mudar? O preguiça? O indeterminação? O descaso? Pequenas alterações implicam no final do mês de grandes resultados. Começa por mudar pequenos hábitos e quando você perceber estará sendo muito mais eficiente do que eras, e você vai notar a poupança ao final do mês.
É autodidata
Por conveniência, muitas de pequenos arranjos domésticos que você poderia fazer tu, chamas alguém para que os realize. Reparar uma fechadura, evitar que uma torneira perle, pintar você mesmo um quarto,etc. Não falo de que, ao levantar-te todo o parquet e você colocar o seu piso de madeira flutuante, “sapateiro seus sapatos”.
Medita tudo o que você mandado consertar em casa no último ano, o que lhe custou e se você poderia tê-lo feito tu. Você vai perceber que muito desse gasto poderia ter sido evitada. E nos tempos que correm, que tudo está na Internet, duvido muito que não encontre algo dondete digam que é o que você tem que fazer para consertar isso ou aquilo.
O mãos à obra?
Já vedes que a maioria de todas estas dicas para economizar em casa passam apenas por autodisciplinarte. O que você deve fazer é marcarte um objetivo ao final do ano, o que vai fazer com o dinheiro que se economiza ao mudar seus comportamentos em casa. Você vai ver como, com esse objetivo em vista isso vai custar muito menos mudar e ser mais eficiente em sua casa.

Deixe um comentário