Como aproveitar o crescimento do turismo em Portugal

Portugal é o terceiro país mais visitado do mundo, atrás de Estados Unidos e França. Em 2015, esbarrando os 68 milhões de turistas. Se nos guiamos pela dica do gasto turístico, subimos um degrau no ranking mundial.

Com estes dados pode-se fazer uma ideia de que em torno do turismo em Portugal se movimentam muitos milhões de euros por ano. De fato, o setor de turismo, traz um 11,2% para o PIB do nosso país.

Além disso, é um setor que está em alta. O número de viagens ao estrangeiro aumentou 4,5% em todo o mundo. O desenvolvimento da classe média nas economias emergentes, faz com que a previsão de crescimento de turistas no mundo sobe ano a ano.

De modo que, se os destinos mais visitados do mundo são limitados e há cada vez mais viajantes do planeta, temos um grande mercado em crescimento, podemos nos beneficiar de alguma forma.

Se você pensa em montar um negócio, como se procura desenvolver-se profissionalmente, ou pensa em investir seu dinheiro, você desejará conhecer algumas das formas em que pode apanhar a onda do turismo em Portugal.

Há um fator positivo para os próximos anos, que é um fato. E é que, além de ser um dos países mais competitivos a nível turístico, enquanto você manter um euro fraco em relação ao resto de divisas estrangeiras, nós temos a vantagem no preço.

O que nos permite apresentar uma oferta de lazer e turismo de qualidade, a um custo acessível ao turista estrangeiro.

Em torno da atividade turística, têm lugar uma infinidade de negócios. É verdade que pouco resta inventar, mas a cada momento, há um nicho de mercado específico que vive a sua época dourada.

Além de ser um excelente destino de sol e praia, temos um grande reclamação inimitável como são as nossas festas. Festas e festivais de música. Desde já, há muitos anos, não é raro ver legiões de australianos, que vêm a Portugal para desfrutar de um exigente mix de San fermines e BBK Live.

Qualquer negócio que possa levantar para atender os milhares de turistas que exigem cada vez mais este tipo de experiências, é um sucesso garantido.

Pensa em qualquer necessidade que possa ter ao longo da sua estadia e desenvolve meios de gestão e de reserva para as novas tecnologias. As aplicações de lazer para turistas também são uma nova forma de atrair clientes para os milhares de hotéis, bares e restaurantes das cidades. Atuando como guias interativas pela cidade.

Negócios de consumo colaborativo, relacionados com os deslocamentos, as dormidas e também as compras e o lazer, são interessantes nichos do turismo em Portugal que se podem explodir.

Em outra ordem de coisas, se o que você está procurando um emprego ou reciclarte profissionalmente para abrir caminhos com melhores salários e maior demanda de trabalho, o grau em turismo é uma alternativa que não pode ignorar.

Também os idiomas. São um valor é sempre necessário, mas que no caso do mandarim, russo, alemão ou japonês, você terá um grau de diferenciação inigualável. Com o que você pode encontrar um emprego de muitas maneiras, para prestar serviços aos turistas provenientes destes países.

Guias turísticos, animadores de festas, tradutores, relações públicas, agentes autônomos de viagem, etc, Mil e uma formas de participação do turismo em Portugal.

Em torno dos negócios e do emprego, giram também os investimentos no setor turístico.
O mercado português tem empresas hoteleiras como a NH Hotéis, Sol Meliá, companhias aéreas como a AIG, ou outros valores como a eDreams ou Aena.

Mas ao tratar-se de empresas em sua maioria globais, você pode investir também em ações de uma empresa que não só se beneficiam do turismo em Portugal, se não do turismo a nível mundial e do crescimento do comércio eletrônico.

Cada vez são mais as reservas e contratações relacionadas com o turismo, que se realizam pela internet. É Por isso que empresas como o Priceline, proprietária de portais como o Booking ou Rentalcars, são valores a levar em conta. Pois combina o melhor de dois setores em crescimento. O turismo e o comércio eletrônico.

Outra opção é, por exemplo, optar por uma carteira de ações de ações relacionadas com a atividade turística. Há poucos fundos desse estilo, mas por exemplo em Espanha, você pode contratar o FI GVC Gaesco 300 places worldwide.

De um modo ou de outro o turismo em Portugal é uma enorme fonte de geração de negócio e circulação de dinheiro. De que existem centenas de formas de participar e estas são apenas algumas ideias.

Deixe um comentário