A que se deve o aumento imparável dos créditos rápidos pela internet?

A banca perde quota de negócio por momentos, em muitas de suas linhas de negócio. Muitos dos concorrentes que lhes roubam terreno, não são precisamente instituições financeiras tradicionais. Mas um sistema de crédito em paralelo com a banca que não necessariamente se rege pelas mesmas regras.

Um desses espaços em que a banca achou um forte concorrente, é o de os créditos rápidos. Ao calor do aumento das necessidades de financiamento para o consumo, por uma certa melhora da economia, muitas novas entidades não financeiras surgiram para dar solução naqueles nichos onde vem e onde não chega a banca tradicional.

De fato, são tantas já as entidades de empréstimos rápidos rápidos na internet, que surgiram até comparadores para poder avaliar as diferentes alternativas que existem. Foi criado em muito pouco tempo uma banca alternativa e a sombra, que financia não só para aqueles que podem estar em risco de exclusão financeira, mas também a pequenas e médias empresas, profissionais e consumidores que buscam soluções ágeis para financiar as suas compras.

Um dos pontos fortes que permite que se esteja se espalhando tanto os créditos rápidos na internet, é a rapidez no processo de solicitação e concessão. No final, muitas das compras que provocam a necessidade de financiamento, como a própria solicitação de financiamento, são as decisões de impulso. Quanto mais fácil você colocar, mais provável é que você entrar na roda do crédito rápido ao consumidor.

E ao ser especializados em créditos de quantias pequenas, o risco é dividido muito e os consumidores podem chegar a relativizar o custo efetivo desses mini empréstimos. Depois de tudo, é especialmente aqueles que pedem por uma situação de necessidade e não de capricho, valorizam mais a possibilidade de aceder a alguma forma de financiamento, os juros e os encargos que representam.

Por outro lado, nota-se, pois, que há uma certa melhoria na confiança dos consumidores e o ritmo da economia. Não há mais que ver a evolução do PIB para entender que, embora as coisas continuam parecendo que estão mal, o dinheiro se move. Há atividade, há melhoria no emprego e isso nota-se no consumo.

Por isso, está aumentando a oferta de créditos rápidos por internet. Todo mundo quer um pedaço desse bolo. E a tecnologia, nos novos canais de relacionamento com os clientes, junco com a mudança nos hábitos de consumo, faz com que os bancos percam parte de sua hegemonia em um de seus negócios básicos. O crédito.

Outra das razões que faz com que tenham crescido, o microcrédito, é que não é necessário fornecer muita informação financeira e pessoal. Às vezes, nem sequer pedem uma simples folha de pagamento. Mas o melhor de tudo é que você não tem que justificar a finalidade do crédito, nem contar muito a sua vida a terceiros para lhe dar um empréstimo. Mesmo em muitas destas instituições de crédito rápido pela internet, você pode conceder seu empréstimo, mesmo que esteja no ASNEF ou Credit Buerau. O que os torna o recurso perfeito para aqueles que precisam de uma solução imediata, o que não é possível obter através dos canais financeiros tradicionais.

Evidentemente, essa falta de filtro na concessão e praticamente nula informação, faz com que o risco assumido por essas novas entidades de empréstimo pela internet, seja bastante alta. Como também o são seus interesses para compensar esse risco.

Todavia, há de tudo dentro do espectro de ofertas de empréstimos rápidos. E você ficaria surpreso de saber que muitas vezes os interesses de algumas dessas cartões de crédito mais populares que tanta gente tem em suas carteiras, que são muito superiores às taxas de juros que você pode pagar a estas companhias de empréstimos on-line. De modo que não é de estranhar que se tenha expandido tanto a sua quota de negócio.

Então, depois de tudo, parece que o aumento imparável dos créditos rápidos na internet, se deve mais a uma adaptação ao ambiente empresarial em constante mudança, que a demanda de clientes.

Deixe um comentário