8 Dicas Financeiros para Futuros Pais e Mães

Certamente você é jovem, apenas estas topándome com 28 anos, mas o importante é que já vai esperar um bebê, ah vá que notícia!
Trazer um bebê ao mundo é uma bênção, mas o certo é que é necessário um planejamento, tanto em termos de tempo, como em relação ao económico. Além disso, para que nada lhe falte para o seu bebê você deve ter conhecimento de como organizar-se para que você se sinta totalmente preparado para a tão esperada chegada.
Mas qualquer um poderia apostar que você não tem em mente o gasto econômico que isto merece em seu bolso, e é claro que é caro. Agora, se você já tem em mente o que fazer, não se viria nada mal uma pequena ajuda extra, e para isso existe este artigo.
É por isso que neste artigo você terá os 8 grandes conselhos econômicos para quando espera um bebê em casa.
Organizar as prioridades do bebê e determinar suas despesas
Primeiro você deve saber quais serão seus custos antes do nascimento do bebê, tenha em conta que se aproximam tempos difíceis em termos financeiros, por isso recomenda-se que realize a criação de uma nova conta bancária só para isso, e deposita-se uma porcentagem de seu salário a cada certo tempo, pode ser a cada 15 dias ou a cada mês. Lembre-se que a conta será exclusivamente para os gastos do seu bebê.
Isso ajudará a evitar que se sobrepõem as despesas. Uma vez feito isso, organiza tais despesas, em ordem de prioridade.
Tenha em conta que os bebês necessitam de relacionamentos de forma consecutiva ao pediatra, para evitar que tenha a mãe complicações no parto. Assim que este deverá ser o primeiro orçamento n.o dentro da lista.
Avance para a situação
Se a notícia do bebê tem apenas 8 semanas de ter sido conhecido, não espere para que corra o tempo e comece a comprar o necessário. Inclui roupas e acessórios essenciais como o berço e outros móveis para a sua maior comodidade.
Você também pode começar a organizar as suas atividades, e no caso de ser o pai, te tocará fazer o pagamento de todas as dívidas antes de que se entuniquen. Por outro lado, você pode já ir pensando no futuro do bebê, e em suas futuras despesas, pagando uma escola pequenos pagamentos para cobri-los antes de que se cumpra a idade relevante para entrar na primária.
Mesmo muitos pais tomam a iniciativa de poupar para a sua universidade justo antes de que está tirando do peito de sua mãe. Para isso, existem planos de menos de 50 dólares mensais. Vá que isso é ser uma pessoa pró-ativa!
Consegue uma boa apólice de seguro para o seu bebê

tenha uma nova apólice de seguro
situações adversas à sua saúde

É melhor prevenir do que remediar, e a saúde do seu bebé não é um jogo, assim que você deve tomar a precaução e conseguir aquele seguro que mais se adapte ao seu bolso.
Se é possível, também, comprar um seguro de saúde que cubra despesas do parto ou cesariana.
Planeie tudo junto com seu parceiro
Os planos de uma única pessoa se acabaram, ele bebe já está a caminho e é hora de tomar a decisão em plena marcha. Não há que hesitar, é por isso que cada gasto que esteja a realizar, a cada compra, ou qualquer bem que pretende adquirir, deve ser notificado para o seu parceiro para chegar a um acordo mútuo.
Isso inclui, como já foi referido, qualquer despesa, e, certamente, ajudará a que as suas despesas, se bem que não sejam reduzidos, de alguma maneira ou de outra sejam “apenas o que você precisa”. Pensem no conforto e segurança que seu bebê merece.
Cancela os gastos desnecessários
Já está na espera do seu bebê assim que o mais aconselhável é que você comece a se limitar em os gatos da casa. Se concentre apenas em pagar o necessário, quer sejam os serviços fixos, e elimina certos gastos que não amerites. Lembre-se que você tem que poupar o mais que possa para o futuro de seu filho,
Reduz os débitos de seus cartões de crédito
Este passo é importante, pois irá ajudá-lo a se concentrar em economizar e pagar as despesas para o seu bebê. Para quitar ou reduzir os cartões de crédito você pode cancelar temporariamente os seus cartões ou paga suas dívidas com o saldo mínimo estabelecido na data designada, para que não tenha que pagar a conta por taxas de juros.
Isto irá ajudá-lo a organizar-se financeiramente, reduzindo seus custos e, assim, ter mais orçamento disponível para se preparar na maternidade.
Inclui o seu bebê em seu testamento e o do seu parceiro
Agora que espera o nascimento do seu bebé, é importante que verifique e modifique a sua situação legal e a de seu parceiro, já que, isso irá garantir um futuro financeiro para o seu filho. Portanto, recomenda-se que faça a inclusão do esperado pequeno em seu testamento, não o tinha pensado verdade?
Isso é essencial, já que no caso de que venha a acontecer uma situação adversa, pode salvar a pele ao pequeno, lembra o quão importante é ter um documento legal que prova e garante os teus bens e serviços.
Aceita presentes usados
Apesar de que com certeza acredito que às vezes não lhe seja prudente aceitar coisas de bebês usadas, você deve saber que isso pode lhe poupar muito dinheiro. Por exemplo, se você aceita algum móvel, como um gavetero ou berço. Aproveite a oportunidade e a bondade dos que te cercam!
Por último, lembre-se que se você seguir estas ótimas dicas você terá uma melhor desenvoltura econômica. Acima de tudo, como mencionado se adelantarás muitas coisas antes de que você está no meio da agitação do bebê.
Um infante não exige mais do que já tem em casa, e certamente, você não deve correr para compras impulsivas. Pelo contrário, é sempre indicado que você deve ter em conta as prioridades, como alimentação ou cuidados médicos.
Por: José Alexandre Silva Rodriguez

Receba os Nossos artigos em sua caixa de correio electrónico. Junte-se a nossa comunidade, é grátis.

Nome

Endereço de email: