4 Regras para o acesso a uma habitação conveniente

Não importa em que lugar do mundo estejamos, a idade que tenhamos, a que dedicamos, que ter a nossa própria casa, é o maior sonho das pessoas.
Se estamos pagando um aluguel ou renda, sabemos que cada mês é deitar dinheiro ao lixo. Se vivemos com nossos pais ou algum familiar, sentimos que chegou a hora de ser mais independentes. Seja qual for o caso e, se você estiver no momento em que você quiser acessar a sua casa própria, este é um artigo para você.
Se bem que o consumismo tem aumentado exponencialmente e, hoje em dia é mais fácil do que antes o acesso a diferentes bens, comprar uma casa não é algo que possamos fazer assim mesmo. Embora tenhamos uma alta capacidade de poupança, o que nem sempre é fácil, dificilmente possamos reunir todo o dinheiro em um tempo razoável. Portanto, e, como solução, aparecem os empréstimos bancários imobiliários.
Hoje partilhamos as principais regras imobiliárias pelas quais se regem os empréstimos. Esperamos que possam ajudar você a não cair na armadilha dos bancos ou comprar algo que não poderá pagar.
O que você precisa saber antes de assinar um contrato de hipoteca

A ter em conta:
–O negócio dos bancos é emprestar dinheiro. Sempre, absolutamente sempre, o negócio de todos e de qualquer banco é emprestar dinheiro. Em outras palavras, isso significa que pedir um empréstimo, que sempre nos vai sair o dinheiro e, o custo desse empréstimo é regulado pelo mercado. Tenha muito cuidado com alguns sistemas financeiros, que se orgulha de ajudar e promover a aquisição do grande sonho da vida. O que temos que avaliar quais as alternativas de nos cobrar menos.
–Há que contar com um bom histórico de crédito. Os bancos nos emprestarão dinheiro se você entende que poderemos pagar. Uma das componentes mais importantes do estudo, que façam desses bancos, será como tem sido a nossa conduta de crédito. Agora, isso sempre e quando for um banco sério. O que queremos dizer com isso? Que você tenha muito cuidado com as entidades bancárias que te dizem que não se fixam em seus antecedentes de pagamento.
–Tipo de taxa de juros. Com relação às taxas de juros podem ter várias alternativas e, às vezes, pode ser até entremeada entender tudo o que nos explicam os bancos em relação a isso. Mas basicamente, existem dois grandes tipos: taxa fixa e taxa variável.
Se a taxa variável costuma ser mais competitiva no início, você deve saber que está sujeita à variação da inflação. A taxa fixa, pelo contrário, será um valor fixo que o banco lhe cobrará por ter emprestado o dinheiro.
–Tempos de pagamento. Existem alguns sistemas, a maioria dos atualmente disponíveis no mercado, que apresentam uma opção de pagamento flexível. Em outras palavras, se um negociará uma quota por mês, podem ser feitos pagamentos semanais ou quinzenais, por exemplo. Isso, que parece ser um simples detalhe, permite-lhe economizar alguns milhares de dólares ao longo dos anos. O importante e, para que você possa planejar corretamente seus pagamentos, é que antecipadamente calcules exatamente qual é a sua capacidade de pagamento. No Canadá, por exemplo, as pessoas cobram seus salários semanalmente. Isso lhe permite fazer pagamentos semanais ou quinzenais. Muitas vezes, os bancos não se dizem esses aspectos, porque não lhes convém.
–Seguros a contratar. Hoje estamos na era dos seguros. Sejam de vida, doença, para os estudos de nossos filhos, etc., os bancos se encarregam de oferecer a grande variedade de produtos.
No caso de uma hipoteca e, se pensarmos em uma família tipo, recomendamos que consulte o custo de certos e determinados seguros. O que acontece se o meu parceiro morreu? eu poderia apenas continuar com o pagamento? Se a resposta é não, então pergunta para ver o que te oferecem. Se eu perder o emprego? Ou se eu surge uma doença? Bom, estes são alguns dos imponderáveis que podem jogar por terra, um dos projetos mais importantes de sua vida.
Após o que foi dito, só nos resta parabéns e avançar para uma das conquistas mais reconfortantes do ser humano: o seu “teto próprio”.
Por: Marisa Peris

Receba os Nossos artigos em sua caixa de correio electrónico. Junte-se a nossa comunidade, é grátis.

Nome

Endereço de email: